terça-feira, 2 de outubro de 2007

Sinceramente não sei como é que o governo pode achar que vão ter sucesso com estas novas medidas de incentivo à natalidade! Claro que é um passo em frente mas é so um quando são precisos muitos muitos mais. E não é so com mais dinheiro que se resolve isto, há muitos mais problemas a bloquear o crescimento da natalidade e o governo parece estar-se a esquecer disso. O governo tem mesmo muito trabalho pela frente se quer lutar a serio contra o envelhecimento da população.

Uma coisa que me faz uma certa confusão é a maneira como os escalões estão feitos pois acabam por não servir a muitas familias a quem deviam servir. Não estão mesmo nada bem ajustados à realidade. Olho para o nosso caso, recebemos uma ninharia de abono e temos 5, a caminho de 6 filhos, tudo porque o governo considera que recebemos muito no final do mês e como tal, os nossos ordenados chegam e sobram para sustentar os miúdos. E o nosso caso nem é dos piores porque felizmente, com mais ou menos ginastica, os nossos salários dão para os nossos gastos e nunca nos falta comida na mesa nem roupa no corpo. Também se não dessem, não tinhamos embarcado nesta aventura de ter muitos filhos. Aqui está outra coisa que também me faz confusão, o serem as pessoas com menos condições que acabam por ter mais filhos (e este assunto dava pano para mangas). Só mostra que a educação não está a funcionar e o governo tem de actuar aqui nesta situação também. É melhor ficar por aqui senão fica um post enormissimo...

Entretanto já imprimi os impressos para preencher e ir à segurança social para ver se tenho direito ao subsídio de gravidez, que bem jeito fazia. Mudando por completo de assunto....

Bem!! Está tão renhida a votação! No dia 16 acaba o suspense :)

15 comentários:

Bekas C. disse...

Pois... isso dos subsidios por escalões de rendimento tem muito que se lhe diga, tem, tem...

Epá!! Só dia 16?!?!? Falta tanto...

;) Jokas

Patrícia&Diogo disse...

Pois ... estes incentivos têm muito que se lhe dizer ... nem sempre beneficiam quem precisa ou pelos menos todos os que precisam

Beijos

PatLeal disse...

Estou ansiosa, achei a ideia o máimo.

Jocas grandes

Mariana disse...

Quando se começou a falar destes incentivos, escrevi um post no meu blog acerca disso... Exactamente chamando a atenção para que esses incentivos são atribuídos sempre para incentivar quem ganha menos a ter mais filhos... E a miséria continua... Em vez de se apostar na classe média que teoricamente teria mais condições para ter mais filhos... enfim...

beijinhos
Mariana
www.coisasdemae.eu

Tranças disse...

Concordo contigo...

e agora o governo que quer alargar os horarios das creches...para que as crianças fiquem mais tempo...e as educadoras e auxiliares nao tem direito a estar com a sua familia, ou eles acham que quem trabalha com crianças também não tem familia???
Mas pronto, também dava pano para mangas, qualquer dia estou eu a dar banhos aos meus meninos no infantário e a dar-lhes de jantar, e onde fica o papel dos pais nisto tudo, deviam era de pensar que os pais deveriam estar mais tempo com os filhos e não nós. pronto é melhor acabar por aqui...

jocas

Cláudia, a mamã da Daniela disse...

É uma tristeza...
tenho uma amiga que foi dispensada de um emprego temporário. Teve um ano do desemprego, trabalhou 6 meses e voltou para o desemprego...
Como o marido ganha mais ou menos 1200 euros mensais, ela não tem direito ao subsídio de desemprego, porque o marido ganha bem... E têem uma fiha de 7 anos e um miúdo de quase 3!
Não se percebe mesmo!

Patrícia disse...

Pois... prefiro nem comentar esses ditos incentivos. Revolta-me.

Acho que vem aí um rapaz! Será?
Bjs

CLS disse...

Essas medidas do governo... sem comentários!
Ai, acaba lá com o suspense!!!

Ana Fundo disse...

Olá,
eu penso o mesmo que tu. Também estou à espera do meu 3º filho, e o comentário das pessoas foi logo, ahhhh já podes receber o subsidio de gravidez!!! E eu disse logo, não meus amigos, só que tem baixos rendimentos é que tem direito!!!
A classe média, infelizmente não tem direito a nada, e depois querem que tenhamos mais filhos!!!
Já agora, Parabéns pelo teu 6º Rebento!!!
Tal como as outras meninas, aposto num menino :-)
Ana

Ana Fundo disse...

O meu blog é
http://www.epedro.blogspot.com/, se quiseres nos visitar :-)
Jokas

maria disse...

Eu aposto numa menina..:)
Quanto aos incentivos, acho que nem vale a pena comentar..

bjnhho grande

mary disse...

Desculpa a invasão, mas já há algum tempo que visito o teu cantinho e naão pude deixar de te dar os parabens por uma familia tão linda.
Em relação ao post axo que a hoistória deste subsidio nem merece grandes comentários...
Será que eles (governo) julgam que é por mais meia duzia de euros que a população vai ter filhos?????
Realmente só em Portugal....
E depois alargam o horário dos infantários quando o que deviam fazer era icentivar os pais a passarem mais tempo com os filhos...
Bom mas mudando para um assunto bem mais agradavel...
Eu aposto numa menina...
mas aposto sempre em meninas por isso não se deve levar muito em conta...looooooooooool

jokas e felicidades

Eva Lima disse...

Se estivermos à espera dos subsídios nem vai haver quem trabalhe para pagarem as nossas reformas....

Ana Guida disse...

e mt simples! esses senhores do governo nunca devem ter tido gds dificuldades pr criar os filhos. p isso axam k conseguimos viver c a miseria k eles "dao" :S e mesmo uma tristeza...

ficamos a espera d saber o sexo do novo filhote! bjns*

María&Peste disse...

Eu nem vou comentar sobre o que acho acerca deste assunto porque se não nunca mais acabava LOL

Bjnhos grandes