terça-feira, 31 de março de 2009

"Hora do Planeta"

Nós por cá demos o nosso (pequeno) contributo e às 20:30 desligámos todas as nossas luzes e acendemos velinhas para nos iluminarem a casa. Jantámos mais cedo que o habitual para tornar menos caótica a nossa hora de jantar e às 20:30 já tinhamos jantado, os miudos já tinham lavado dentes e vestido pijama e aproveitámos essa hora para nos sentarmos a jogar jogos. Foi muito engraçado, de tal forma que às 21:30 não quiseram/deixaram ligar as luzes. E assim foi, até à hora de irmos dormir, não se ligaram luzes. Que bem que nos soube este serão a média luz!


Mais cedo nesse dia, as minhas filhas andaram a fazer folhas com o "aviso" de que se deveriam desligar as luzes às 20:30 para irem distribuir pelos vizinhos. Lá passaram parte da tarde a distribuir as folhas e a explicar às pessoas o que se ia passar. Gosto mesmo muito da consciência ecológica que as minhas filhas demonstram!

segunda-feira, 30 de março de 2009

Oferecem-se...

... 5 crianças de férias que ao fim do primeiro dia de férias se queixam de não ter nada para fazer!

Haja paciência e muita imaginação!

Aniversário da Camila

Muito obrigada pelos votos de feliz aniversário deixados à minha adolescente.
Tivemos um dia muito bom, na companhia de familia e amigos. Com direito a festa durante a tarde e a festa de pijama à noite. O que não faltou foi animação, quer durante a festa de dia quer durante a festa de noite. As miúdas gostam imenso destas festas de pijama, é uma festa que só visto!
Para mim, foi um dia com as emoções à flor da pele por causa da nostalgia. Eles crescem que é um instante e quando damos por nós já temos à nossa frente uma adolescente, já com tantos traços, fisicos e psicológicos, de pequena mulher. Não me resta senão aproveitar ao máximo dos máximos todos os momentos e todos os mimos!

sexta-feira, 27 de março de 2009

Toca a desligar as luzes pelo Planeta!

Às 20H30 do dia 28 de Março.
Nós por cá vamos desligar.

sexta-feira, 20 de março de 2009

Do dia do pai

O dia do pai cá de casa começou com uma noticia muito especial. Seguiu-se o pequeno almoço da praxe, feito pelos pequenos que, segundo o pai, estava delicioso. Muitos mimos ao pai, muitos sorrisos, alguns desenhos feitos por eles, um postal cheio de amor e sairam, atrasados mas todos contentes, rumo às escolas, tendo o pai como motorista (que melhor presente pode haver para o pai que o privilegio de levar as crianças à escola hein?).
De tarde o pai foi à sala do Eduardo e do Gabriel, lanchar e participar de uma tarde de jogos com os filhos. O presente feito pelos meninos este ano foi um azulejo pintado por eles. O Tomás trouxe da escola um postal feito e pintado por ele. O pai adorou os presentes recebidos.
À hora de jantar, juntámos o pai aqui de casa e o pai da casa do lado (o meu pai) para jantarmos todos juntos. Depois de jantar, aproveitámos o (pouco) tempo antes de os miudos terem de ir dormir para fazermos jogos. Após os jogos, o pai foi deitar o pessoal todo e receber os ultimos beijinhos do dia do pai.
Temos cá em casa um pai mesmo à maneira! E eu tenho, também, um pai muito à maneira, um grande amigo, com quem sei que posso sempre contar e a quem "devo muito" por me ter ajudado a ser a pessoa que sou.

quinta-feira, 19 de março de 2009

sábado, 14 de março de 2009

quinta-feira, 12 de março de 2009

Nostalgia

Duas semanas depois da mais pequena ter festejado o seu 1º aniversário e a dois dias da mais velha celebrar o seu 12º aniversário, a nostalgia de as ver crescer... O saber que o tempo passa a voar e que em menos de nada deixam o ninho...

Esta musica, embora escrita da optica de um pai, reflecte este meu sentimento. Gosto mesmo muito desta musica...



quarta-feira, 11 de março de 2009

Agradecimento

Agradeço-vos todas as bonitas palavras que nos deixaram para a Concha no seu 1º aniversário!
Um beijinho para cada uma de vocês!

segunda-feira, 9 de março de 2009

Estive até agora a acabar um trabalho da Camila, com data de entrega para amanhã.

Tudo culpa do senhor computador que resolveu deixar de funcionar, por volta das 20h, com o trabalhinho lá dentro. Giro giro (ou não) é que o trabalho estava praticamente feito e como só estava guardado no computador não deu para recuperar nada.

A Camila ficou tão aflita, tadita. Odeia falhar prazos e queria ficar acordada até o acabar. Ficou até às 24 (estou para ver amanhã o sono), hora a que relutantemente foi dormir e eu fiquei a terminar de passar o que ela escreveu e a ajeitar a estética.



Nota para mim: lembrar as filhas de se precaverem e guardarem os trabalhos numa pen!!