quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Birra

Hoje quem está com a birra sou eu! Rai's parta as medidas de contenção... Sempre os mesmos a pagar a factura!

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Dias cinzentos

Há dias em que parece mesmo que as forças e o optimismo se esgotaram de vez...

E não consigo deixar de sentir um género de egoismo por me sentir assim, aquela sensação do "oh-Maria-há-pessoas-a-passar-por-situações-bastante-mais-complicadas-que-a-tua-e-continuam-sem-se-queixar".

Melhores dias virão, espero.

A nossa noite de ontem acabou com direito a gritos e palmadas, os míudos pareciam estar possuidos. A manhã de hoje não teve muito de melhor, foi um martirio tirar o Eduardo da cama e desde que se levantou até o deixar na escola esteve sempre a chorar e a dizer que não queria ir para a escola. Ficou a chorar e a tentar desembaraçar-se da contínua da escola que simpáticamente o foi receber e ficar com ele até lhe passar o choro... A Concha passou um dia para esquecer, com tanta birra e aquele "não" sempre na ponta da língua e a nossa pequena Francisca está de novo a fazer medicação com antibiótico, mais uma infecção respiratória - têm sido umas atrás de outras e assim nunca mais deixamos de ter o coração nas mãos... Tem sido realmente muito dificil lidar com esta situação de um filho menos saudável...

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Temos um novo "animal de estimação"

O meu pai comprou um porquinho para os miúdos - que não era bem para os miúdos, era para se juntar ao outro porco mas que os miúdos adoptaram como novo animal "brinquedo" de estimação. É realmente muito giro e pequenino e os miúdos tratam-no como se fosse um bebé.

Eu é que não gosto nada de ter o porquinho aqui por casa sabendo que quando crescer irá estar no meu prato...

domingo, 12 de setembro de 2010

Misterio resolvido!

Pois é, andava cá por casa a acontecer um grande mistério: os cereais estavam a desaparecer à velocidade da luz. O pai dizia que é porque os miudos estão em fase de crescimento e comem mais mas eu não estava assim tão convencida quanto isso.


Ontem resolvi o mistério: Eduardo e Gabriel sentados lá fora, pacote dos cereais entre os dois, a comer os cereais e imagine-se... a partilhar os cereais com os cães!


Não admira que os cereais voassem, com mais dois a comer!

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Inicio do ano lectivo 2010/2011

Com muitos euros a menos na nossa conta bancária, demos inicio a este novo ano lectivo.

O ano lectivo de estreia dos nossos pequenos na escola primária. Na quarta feira lá foram os dois para o primeiro dia do 1º ano. Iam entusiasmadíssimos com esta estreia! Deixei os miúdos contentes da vida na escola, sentados cada um no seu lugar da sala de aula - lado a lado que a ligação deles não os deixa ir para muito longe um do outro - prontos para um dia de muitas descobertas e a mandar aqui a mãe embora. Estive o tempo todo a lutar com todas as forças para não chorar mas assim que sai da sala deles não aguentei mais e olhem, temi inundar a escola tal foi o choro (esta mãe anda a sofrer de incontinência lacrimal, só pode!)! Foi demasiada emoção para mim ver os meus pequenos, que ainda ontem eram uns bebés pequeninos, sentados na sala da primeira classe. Não era suposto o tempo passar mais devagar?

Antes de deixar o Eduardo e o Gabriel na sala deles, deixámos o Tomás no pátio, no meio daquela agitação imensa de inicio de aulas, em que todos os miúdos têm muitas novidades para contar e coisas para mostrar uns aos outros. Já há várias semanas que o Tomás contava os dias para voltar à escola, os livros já haviam sido abertos tantas vezes que lhe dizia que quando chegasse à escola os livros iam parecer velhos! A professora é a mesma do ano passado e ficámos todos muito contentes com isso pois gostamos muito do método de ensino dela e da forma como lida com os miúdos.

As mais velhas tiveram hoje as respectivas apresentações e segunda feira já começam as aulas. A Beatriz está bastante entusiasmada com a mudança, por ter vários professores e mais disciplinas. Parece, também, estar compenetrada de que tem de tentar ao máximo portar-se bem na sala de aula.

Decidimos não colocar a Concha para já na escolinha e o que pesou mais nesta decisão foi o facto de ela estar a passar um mau bocado e a ter muitas dificuldades em lidar com os vários periodos em que estou ausente de casa, para acompanhar a Francisca. Assim achamos que vai ser mais fácil para ela encontrar a estabilidade emocional que precisa.

Esperamos que este novo ano lectivo corra bem, que seja cheio de novas aprendizagens e descobertas e que seja tudo o que os nossos estudantes esperam que seja.

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

11 anos de Beatriz!


Feliz 11º aniversário Beatriz!