terça-feira, 3 de novembro de 2009

Com muito amor

Uma casa cheia de crianças, como é o caso da nossa, é um grande desafio a vários niveis. Nomeadamente a nivel financeiro. Este é muitas vezes o maior entrave para a maioria dos casais que sonham aumentar a sua familia. No nosso caso, temos sempre o factor financeiro em mente porque, feliz ou infelizmente, não somos ricos e a verdade é que os filhos custam bastante dinheiro. No entanto, até agora, isso não nos impediu de os ter. Felizmente!

Não sendo nós ricos, há uma certa ginástica financeira que fazemos quase todos os meses para que tudo bata sempre certo. Mas temos a sorte de vivermos num sitio onde existem grandes ajudas no que toca à educação. Os meus filhos andam todos em escolas públicas, o que já de si é uma grande ajuda na redução das despesas e, para além disso, têm as refeições e transporte escolar gratuitos, actividades extra curriculares gratuitas ou mais baratas.

É no supermercado que gastamos mais dinheiro mas até aqui temos a sorte de poupar uns trocos ao usarmos os recursos do nosso quintal - legumes, fruta, ovos e carne. Fora isso, tentamos aproveitar as promoções e escolher do mais barato.

Nas roupas também tentamos poupar e somos grandes adeptos dos saldos, das promoções e do guardar as roupas de uns filhos para os outros. Enquanto as roupas estão em condições, vão passando de uns para outros.

Não nos privamos por completo de pequenos prazeres como ir ao cinema, jantar fora ou até mesmo ir ao cabeleireiro pois também fazem falta de vez em quando mas somos bastante moderados nestas questões e, até mais ver, somos felizes com estas escolhas.

Financeiramente, uma casa cheia de criança faz-se com alguma ginástica e prioridades bem definidas.

Na questão da atenção dispendida a cada um deles, no nosso caso, tentamos dar o máximo de atenção possivel a cada um deles. Se me perguntarem se damos a mesma atenção a cada um como se fossem filhos únicos ou se só fossem dois, a resposta é negativa. Não damos a mesma atenção mas não damos menos atenção do que cada um precisa para crescer feliz e saudável. Temos a nosso favor o eles irem dando atenção uns aos outros - sabendo nós que esta atenção não substitui a atenção dos pais - e serem bastante compreensivos com as alturas em que não podemos, por alguma razão, dispender tanta atenção quanto eles gostariam naquele momento. Tentamos organizar os nossos dias de forma a que tenhamos sempre tempo de conversar uns com os outros e para fazermos as coisas com o máximo de calma possível, aproveitamos cada momento que se proporcione para estar com eles, individualmente ou com todos ao mesmo tempo.

Tenho noção de que sou muito abençoada por ter a possibilidade de ter a casa cheia de crianças. E isto deve-se em grande parte ao facto de ter um marido que é muito presente na educação e no cuidar dos filhos - dividindo as tarefas da casa e do cuidar dos miúdos entre os dois, torna tudo muito mais simples e menos desgastante, dando-nos mais tempo de qualidade com os miúdos e para nós dois. Para além dele, a ajuda dos meus pais é extremamente importante - entre muitas outras coisas, passo muito menos tempo na cozinha pois a minha rica mãe muitas vezes cozinha cá para casa e poupo algum tempo em deslocações para ir buscar/levar os miúdos com a ajuda do nosso motorista preferido, o meu pai. Claro que não me posso esquecer da ajuda dos meus sogros que, embora longe, estão sempre a postos para qualquer eventualidade.

Quando me perguntam como é que consigo, a resposta é invariavelmente a mesma: com muito amor.

26 comentários:

Cindy disse...

Acredito que muito mais que o dinheiro, o amor é o mais importante!!! Haja amor, há sempre um jeito de lidar com todas as situações!!
Parabéns pela família, felicidades para todos e tudo de bom!!!

Beijocas muitoooooooo grandes

Carla Isabel disse...

ADOREI LER-TE, ADOREI MESMO.
Eu tenho 3 filhos, gostava muito de ter mais dois, financeiramente neste momento seria complicado porque teriamos de comprar uma carrinha de 7 lugares. Mas todos os dias, todinhos penso em como me vou sentindo vazia por dentro so de pensar que enventualmente poderei nunca mais estar gravida.
Um beijo de grande admiração.

Sofia disse...

Gostei muito de ler este teu post.
Bjinhos

Bala disse...

Há coisas que são, de facto, uma benção. Ter uma família muito unida, que se entreajuda, é uma delas!
E quando tudo se conjuga e podemos concretizar os nossos sonhos, ainda melhor!

Acho uma maravilha, terem a família que têm. Acredita que são uma fonte de inspiração!

Bjinhos

kombi disse...

vou ser repetitiva, adorei ler este post, tb por aqui , apesar de só ter mos 2 crianças, vive se uma vida parecida com a tua e concordo que o mais importante é o amor uma criança não custa assim tanto a nível financeiro os dias de hoje é que "obrigam" os pais a acharem o contrário ( pois há pais que não prescindem das actividades XPTO, da roupa de marca etc etc etc e daí dizerem que para uma criança é necessário muito dinheiro).

beijocas

María disse...

Acredito que só assim é que conseguem gerir uma casa tão grande :)
Já to disse muitas vezes que sempre sonhei ter muitos filhos, mas estou longe desse sonho, já considerado impossível.
Vamos ver se consigo o 3º, vamos ver.....

Beijocas grandes
María

Ana Rute Oliveira Cavaco disse...

:)

Maria disse...

Que post lindo!
Só tenho uma, não por vontade própria mas por circunstancias da vida, o meu sonho foi sempre ter muitos, pois digo sempre: o que seria eu sem os meus irmãos?
Mas com um ou muitos, o importante mesmo é esse amor!
bjs grandes

Laura disse...

Visito o blog desta família à muito tempo... adoro ler cada post, cada novidade, acho lindo uma família assim enormeeee. Dou os parabéns à Mãe e ao Pai, pk nos dias de hoje n é nada fácil ser uma familia numerosa... mas lá está, há muito amor por ai...Parabéns!!! este post é uma grande lição.

Ana Rita disse...

lindo!

Susie disse...

Vocês , pais, são pessoas raras e a vossa família não é de todo "uma família como tantas outras". A vossa opção de vida é muito bonita e demonstra um espírito de família como já não se encontra vulgarmente nos dias que correm. Ainda bem que foi possível encontrarem-se duas almas gémeas assim, para tornar este projecto tão bonito numa realidade.
Parabéns e continuem a ser sempre assim felizes.

Maria e Companhia disse...

Sem palavras!
Uma familia linda...
O que mais posso dizer...
Tudo de bom... saúde para todos e que sejam sempre felizes que tudo o mais vem por acréscimo!
O meu pai costuma dizer que familias numerosas são mais unidas e que só lamenta ter tido dois filhos (eu e o meu irmão)...ao lê-la, começo a acreditar no que ele me diz...

Tudo de bom...

Maria & Companhia

CM disse...

Que lindo testemunho...
Efectivamente só assim é possivel sentirmos a benção que nos é concedida pelo amor.
Obrigada pela partilha, andamos sempre tão concentrados nas dificuldades que nos esquecemos de agradecer aquilo que está ao nosso dispor, tantas vezes sem darmos conta!
Obrigada :)

Carla almeida disse...

parabéns
Têm uma família linda...
Estou grávida do 3º filho e ás vezes dou comigo a pensar como vou conseguir...dá-me por isso muito animo ler este post
obrigado pela partilha
carla almeida

1gota disse...

Magnifico!

Digo sempre e volto a dizer, parabéns pela família linda que tu tens, tão diferente de tantas outras.

:*

Mafalda disse...

Admiro-a de todo o meu coração. Para uma mãe de primeira viagem onde tudo é uma novidade que por vezes se torna "uma crise sem igual", ler os seus post´s põe-me no lugar e relativiza as minhas ansiedades. Acredito mesmo que o amor faz tudo andar na linha. Muitos parabéns pelos seus filhos e pelas bébés que estão quase quase a chegar!

Beta disse...

Gosto tanto, mas tanto da vossa família.
E é uma lição para mim que, tendo só um filho, acho que só terei mais um, exactamente pelo factor monetário e, pelo factor tempo..
Vocês são uma inspiração.
Beijinhos

Banita disse...

Apetece-me roubar este post e escarrapachá-lo num jornal ou revista de grande tiragem para que todos vejam a grande inversão de valores que há na nossa sociedade e que se todos tivessemos uma família como a tua e pensassemos da mesma forma que vocês, o mundo seria um lugar muito melhor para todos vivermos. Parabéns pelo post e pela família feliz e unida que são!
Mil beijinhos para cada um!

Mãe do kiko disse...

Invejo no bom sentido a vossa família... só tenho um filho e não estou a conseguir convercer o pai a ter mais :-(, talvez porque ele não é assim tão presente como o vosso. Beijinhos e muitas felicidades!!

Tranças disse...

Só assim é que se consegue: COM MUITO AMOR.

Uma beijoca muito grande

Monica disse...

God bless!
Beijocas

Vera disse...

Também queremos muitos, foi uma condição pré-nupcial de ambos!!! :)
Temos dois meninos e estou grávida de 6 meses de outro menino, que tinha um gémeo de perdemos às 7 semanas, enfim, uma tristeza, mas agora está tudo bem.
O grande problema é que fiz 2 cesarianas e devo fazer agora a 3.ª e ultima recomendada mas há quem faça mais e acho que vou arriscar se tudo correr bem agora,pelo menos mais um. Tanta gente que me fala do dinheiro, que não é agora que custa mas mais tarde, que não vamos conseguir que estudem na Universidade, enfim, um bicho de 7 cabeças... :)
Sabes, eu acho uma tristeza e pobreza de espírito ouvir, como já ouvi, dizerem que só têm um para lhe dar tudo o que puderem, tudo o que nunca tiveram. Eu não tive muitas coisas materiais mas o que mais qeria era ter mais irmãos, apesar de adorar a minha irmã. Engraçado que a minha mãe só quis ter 2 filhas mas agora é o grande apoio e diz que quantos mais melhor... :)
Muit força, está quase!!!

gaiatA disse...

Sem dúvida! :)*

Beijos na família inteira!*

Ana Guida disse...

parabens a ti e a linda familia k tens! admiro-vos mt!

bjs e bom fds*

maria disse...

Muitas felicidades e obrigada pelo testemunho maravilhoso partilhado.

Maria

Mamã Petra disse...

Tenho 3 filhos e ainda queria ter mais um ou dois, posso sempre ser abençoada com gémeos, no entanto só é possivel porue o papá daqui tambem ajuda em tudo, e eu tenho uma profissão que me retira uito tempo, mas com amor tudo se consegue, até porque o que vejo hoje em dia, é as familias com mais possibilidades financeiras só terem um filho.
Beijinhos e parabens por essa familia incrivel e maravilhosa