sexta-feira, 1 de junho de 2007

Dia da criança

Depois da 2ª.Guerra Mundial, muitos países entraram em profunda crise económica e social. Quatro anos depois do nascimento da UNICEF, a Federação Democrática Internacional das Mulheres propos às Nações Unidas, em 1950, que se criasse um dia dedicado às crianças de todo o mundo. A 1 de Junho desse ano de 1950 foi comemorado pela primeira vez o "Dia Mundial da Criança".

Com a criação deste dia, os estados-membros das Nações Unidas, reconheceram às crianças, independentemente da raça, cor, sexo, religião e origem nacional ou social, o direito a:
- afecto, amor e compreensão;
- alimentação adequada;
- cuidados médicos;
- educação gratuita;
- protecção contra todas as formas de exploração;
- crescimento num clima de Paz e Fraternidade universais.

Contudo, só nove anos depois, em 1959, é que estes direitos das crianças passaram para o papel. A 20 de Novembro desse ano, várias dezenas de países que fazem parte da ONU aprovaram a "Declaração dos Direitos da Criança", uma lista de 10 princípios que, se forem cumpridos em todo o lado, podem fazer com que todas crianças do mundo tenham uma vida digna e feliz.

Quando a "Declaração" fez 30 anos, em 1989, a ONU também aprovou a "Convenção sobre os Direitos da Criança", um documento muito completo com um conjunto de leis para protecção dos mais pequenos (54 artigos!), que se tornou lei internacional no ano de 1990.

Sem comentários: