terça-feira, 25 de setembro de 2007

Cá estamos de volta após um desaparecimento forçado, uma semana cheia com horários a cumprir e uma mãe doente.

A segunda feira, dia 17, trouxe o começo das aulas da Camila e da Beatriz, sendo que da Beatriz tinhamos a apresentação com a professora. A manhã começou cedo e atarefada com o despachar os miudos, arranjar pequenos almoços, lanches para meter nas mochilas das mais velhas e duas birras dos mais pequenos para calar. Conseguimos sair de casa a tempo de chegar a horas às escolas, o que foi bastante bom. Primeiro deixámos a Camila no portão da escola e lá foi ela toda contente ter com as amigas, nesta altura estava a Beatriz mais triste por este ano não ficar na mesma escola que a irmã. De seguida, deixámos o Tomás e os gémeos na escolinha. O Tomás ficou bem, aliás, nem tive direito a beijinho de despedida porque ele foi logo ter com os amigos que já estavam na brincadeira. Os gémeos por seu lado, ficaram a chorar baba e ranho quando os entreguei à educadora e me despedi deles. Saí da escolinha com o coração bem apertadinho ainda para mais porque ao chegar ao portão ainda os conseguia ouvir a chorar. Tive de me forçar a não voltar para trás para os ir buscar e segui para ir à apresentação da Beatriz. Estávamos nos na apresentação quando me telefonam da escola dos meninos a informar que o Gabriel tinha vomitado e estava com uma pontinha de febre pelo que tinhamos de o ir buscar. O pai ficou na apresentação com a Beatriz e eu fui direita à escolinha para ir buscar o Gabriel e trouxe também o Eduardo. Durante o resto do dia o Gabriel não tornou a vomitar nem teve mais febre e esteve bem disposto a brincar com o irmão em casa. A tarde decorreu com a normalidade costume e a meio da tarde fomos buscar a Camila e a Beatriz que vinham cheias de novidades para contar. Na terça feira amanheci com febre e com tonturas cada vez que levantava a cabeça por isso coube ao pai despachar os filhotes e deixá-los nas respectivas escolas. Como o Gabriel não teve mais febre nem vomitou, foi à escola também. Foi fácil deixar os mais velhos mas o mesmo não aconteceu com os gémeos mas como o pai é bastante prático lá arranjou maneira de deixar o Eduardo e o Gabriel sem ficarem a chorar. E que maneira foi essa? Disse-lhes que ia só num instante comprar um pacote de sugos para cada um e que eles ficavam ali à espera dele. Quando liguei a meio da manhã para saber deles, disseram-me que a manhã estava a ser calma, que depois do pai ter saido ficaram um tempinho sentados na frente do portão à espera do pai com algum choro mas pouco e mais por parte do Gabriel do que do Eduardo mas que pouco depois tinham ido brincar no escorrega, e que era para não me preocupar que eles estavam bem. Quando o pai os foi buscar de tarde, encontrou os 3 filhos a brincarem no recreio e entregou-lhes os sugos prometidos. Durante o resto da semana, aqui a mãe esteve remetida à cama e o pai ficou encarregue de todas as obrigações e saiu-se mesmo muito bem. Durante toda a semana funcionou bem a "chantagem" dos sugos, pode não ter sido a melhor psicologia mas ajudou e acabou por descansar um pouquinho o nosso coração de pais. Mas hoje, voltámos ao choro sentido quando os deixei na escolinha e confesso que não ia nada preparada para tal... Tentei que eles parassem de chorar mas como não consegui, tive de os deixar a chorar e ir embora com o coração bem apertadinho e uma vontade enorme de chorar mas qual não é o meu espanto quando uma hora depois ligo para a escola para saber como eles estavam e me dizem que o Eduardo e o Gabriel pararam de chorar uns minutos depois de me ter ido embora e que estão todos felizes da vida a brincar com os colegas! Aos poucos vão-se adaptando à escolinha.

Quanto às meninas, a Camila está a adorar a escola nova e os professores, já tem testes marcados e fez questão de os apontar no calendário que temos preso na porta do frigorifico para além de os apontar no quadro do quarto delas; a Beatriz também está a gostar das aulas embora me diga que já está cansada de fazer revisões pois quer aprender a matéria nova.
Aos poucos todos vamos entrando na nossa nova rotina e tudo se vai ajustando.


Cláudia, mamã da Daniela, muito obrigada pelo miminho!
E obrigada a todas pela força em relação ao mau bocado que passámos para deixar o Eduardo e o Gabriel na escola.

16 comentários:

dacj_a disse...

Bem que agitação logo pela manha e ainda bem que o papá conseguio dar conta do recado, espero que ja estjas melhor e que esta semana corra bem, aos meninos gemeos toca a ficar bem na escolinha pq a mamã não pode ficar triste senão o rebento também fica e depois é que é, as minhas também choraram bastante qdo as deixavamos mas agora já passou e ficam muito bem (ainda bem) o ano passado correu muito pior, foi quase o ano todo a choramingarem rrrr
Beijinhos e boa semana
Dulce

maria disse...

Já estávamos com saudades..
bjnho

Tranças disse...

oi...ainda bem que já estas melhor...fico contente pelos gemeos, aos poucos vão se habituando.
Nem imagino a que horas te levantas para despachares essa malta toda, eu com 2 levanto-me 1h 30m mais cedo e o meu trabalho fica a 7 minutos de carro e eles estão comigo, imagina tu...tudo bem que já tens criançada que se veste sozinha, mas mesmo assim...
Mas deve ser muito bom, ter tanta gente em casa. Parabéns.
beijos

mamã vera disse...

Ainda bem q já estás melhor... que os mais velhinhos se adaptaram muito bem... e q os gémeos tb se vão adaptando aos poucos!

Vai correr tudo bem... cuida bem de ti!

Beijocas

Cláudia, a mamã da Daniela disse...

Obrigada eu!
Adoro "ler-te"!
Admiro-te imenso como mulher e mãe!
Imagino a confusão que deve ser o dia a dia com tanta criança!
Mas, ao mesmo tempo, também deve ser muito giro!

um beijinho muito grande!
Espero que já estejas melhor!

Gatinha disse...

Isso é que é animação. Adorei a parte do teu marido fazer tudo sozinho quando precisas. Quem me dera. Pode ser que o meu mude um dia. Muitas Felicidades. Bjocas

Isabel disse...

se com um é dificil sair de casa imagino com 4... quer dizer, nem consigo imaginar.. vocês são mesmo valentes... vais ver que os meninos se adaptam rápido!!!
espero que já estejas totalmente recomposta!!!

beijinhos

María&Peste disse...

Ainda bem que já estás melhor e que tudo está a correr bem com o inicio do ano lectivo!

Os Gémeos daqui a uns tempos nem vão querer saír da escola, vais ver :)

Bjnhos grandes

dangerously in love disse...

Bem, realmente as vossas manhãs são mexidissimas. Coitadinhos dos gemeos, e de ti que ficar com o coraçãozinho apertado custa mesmo muito. Espero que já estejas recuperadissima e que os meninos se habituem à escolinha.Das meninas...ainda bem que andam entusiasmadas!beijocas

Mãe da Rita disse...

Gosto de te ler, nem imagino o que é estar no papel de mãe de muitos e acho fantástico... Deixei-te um desafio no meu blogue, se tiveres tempo... Bjs, MJ

Vida a 4 disse...

Os vossos dias devem ser uma aventura.

Gostei dessa dos sugos, gostei mesmo...

Espero que fiques bem mesmo, doente e grávida não é uma boa combinação.

Beijocas

Lótus disse...

Espero que estejas melhor, e que com a barriguinha tudo esteja bem.
É preciso dar mérito ao pai pelo truque dos sugos, lá que foi imaginativo não há dúvida e pelos vistos até resultou! LOL
Ainda bem que os gémeos começam a adaptar-se e que os mais velhos estão todos satisfeitos.

Beijinhos
(já tinha saudades de te ler, no outro dia vi uma Sra. num C.Comercial com 5 miúdos "em escadinha" e pensei logo em ti!)

Patrícia disse...

Xiii, tantas coisas aconteceram!

Bjs

Mary disse...

Pois é, já andavas desaparecida...

Ainda bem que já estás melhor,os gémeos é uma questão de tempo.
Essa de ir comprar os sugos é boa ideia, tenta uma do genero e nós sempre a dizer mal dos nossos homens, daaaaa.

Beijocas
Isa

anaguieiras disse...

Olá, é a primeira vez que visito o teu blog.
A adaptação á escolinha é sempre complicada, ainda mais quando estão habituados a estarem com a mãe, e com três anos já percebem as coisas.

A minha bebé tem 1 ano foi este ano para a creche, ambientou-se bem, ficou 2 dias a chorar mas depressa lhe passou. Penso que quanto mais novos, mais fácil deve ser a adaptação.

6 filhos.... é dose não é, bem sei que com amor se faz tudo. Quero ter outro filho, mas o que mais me assusta é os gastos. Pago pela minha filha quase 150 € de creche,e está numa IPSS, agora vê se fosse um privado.

Com o nascimento de outro filho, tenho que pensar em mudar de casa, para terem mais espaço no quarto deles. Não sei se o orçamento familiar dá para pagar casa, carro, infantários, comida e todos os outros gastos.

Parabéns pela familia feliz e linda que tens, não conheço bem sei, mas uma familia numerosa é sempre linda.

Beijos

http://familiateixeira.blogs.sapo.pt

Mamã Patanisca disse...

Acabei de chegar e tenho que dizer ... estou maravilhada ...

Que familia linda ... uma casa cheia ... o meu maior sonho ...

Parabéns pela coragem, parabéns pelo companheiro, parabéns pelos lindos filhos e parabéns pela gravidez.

Com toda a certeza ... voltarei

Beijinhos
Sandra e Matilde