quinta-feira, 6 de setembro de 2007

Novo ano lectivo

Na terça feira,foi o recomeço da terapia da fala para o Eduardo e o Gabriel e não podia ter corrido pior. Muito choro, muito grito, muito espernear e nenhuma cooperação por parte dos dois. Estava à espera que fosse complicado, que eles entrassem timidos e demorassem a ambientar-se mas só isso, mas nunca imaginei que reagissem como reagiram. E esta reacção faz-me ficar ainda mais de pé atrás com a nossa decisão de os meter na escolinha este ano. Eles não se mostram nada contentes com a ideia de ir para a escola. Sei que em grande parte se deve ao facto de desde sempre terem ficado comigo em casa. Sei também que eles fizeram muitos progressos no que se refere à capacidade de comunicação (que era algo que nos faziamos questão que acontecesse antes de os inscrevermos na escola) e que neste momento já são capazes de se fazer entender na maioria das vezes mas tenho receio que seja um passo para o qual eles não estão ainda preparados, que as educadoras não os consigam entender e eles se sintam mal com isso e que, tendo algum problema, não se consigam fazer entender e o problema se torne maior. São certamente duvidas sem fundamento mas é o que se passa na minha cabeça neste momento... Amanhã vamos até à escolinha com os gémeos falar com a directora e com as educadoras, ver como eles reagem e ver se é a melhor decisão, a de os levar para a escola este ano.

Ainda no assunto escola... Já chegaram os livros da Camila e da Beatriz (que arrombo que foi na conta bancária e ainda faltam as mochilas e o material que os professores vão pedir, mais a roupa de inverno). Elas já andaram a folhear os livros e a travar conhecimento com as materias, estão entusiasmadas por começar as aulas. E começam no dia 17 deste mês. Para a Camila é um ano de mudanças, já que o 5º ano é bastante diferente da primária mas estamos a contar que ela se adapte bem e que continue boa aluna; deixa também de estar na mesma escola que a Beatriz. O Tomás começa no dia 10 a ir à escola e está todo contente porque este ano são os mais velhos da escola e porque já não há sesta para ninguém. Entretanto fomos inscrever a Camila e a Beatriz no hip-hop, o Tomás e a Beatriz na equipa de futebol e o Gabriel e o Eduardo na natação mas como ainda não sei o horário da Camila, ainda está tudo meio no ar. Espero que o horário dela seja bom, de preferencia da parte da manhã para ser mais facil de conciliar com os horários dos irmãos. Mas a ver vamos...

17 comentários:

Bekas C. disse...

O retorno ás actividades nem sempre é fácil....

A Francisca este ano parece que não quer continuar no hip-hop...

Beijokas

:)

Cláudia disse...

Espero que os gémeos se dêem bem no colégio, caso os decidam por... é uma decisão difícil de tomar.

Além das despesas com o material escolar, as actividades extra-curriculares também ajudam no rombo da conta bancária!...

mãe disse...

As actividades extra curriculares deixam-e sempre a desejar dias de 30 horas, pelo menos... as minhas também gostavam do hip hop mas aqui ao pé não sei onde há, por isso começaram já a natação. Já o meu filho, ainda estamos à espera do horário escolar dele.
:)

Patrícia disse...

Bem! Gerir uma família numerosa não deve ser fácil! Muita ginástica!
Segundo aquele Psicólogo que dava na SIC, o Dr. Eduardo Sá, a idade ideal para as crianºas irem para a creche é aos 3 anos, que a adaptação pode não ser fácil mas que é uma "mal" neccessário.
Vais ver que eles se vão adaptar.
Até porque têm-se um ao outro para se apoiarem.
Bjs

Mãe Pimpolha disse...

Já tenho vindo ao teu blog algumas vezes mas julgo que nunca deixei comentário. Mas quero que saibas que vos admiro bastante por terem decidido terem 6 filhos, eu adorova ter uma familia enorme. Pelo menos por enquanto não me parece possível, mas só o tempo o dirá.
Vais ver que vai correr tudo bem com os gémeos, eles vão gostar da escolinha.

Beijinhos para todos

mamã disse...

Que bom... vai ser um ano em cheio, vais ver!! E vais ver que os gémeos se vão adaptar bem... penso que será favorável para a sua capacidade de comunicação... digo eu, claro!

Bjs grandes

P.S: Quem me dera ter assim uma família numerosa!

maria disse...

que corra bem este regresso.

bjnho

Vida a 4 disse...

Tantos planos e actividades.
Eu tenho duas e acho que só vão para a natação e é uma vez por semana, quanto mais coisas e horários diferentes.
Espero que os gémeos se adaptem bem.

Beijocas

Bala disse...

Este inícios de ano são sempre complicados! (Então para a carteira...)

Espero, que os gémeos se adaptem à escola!

Bjinhos

María&Peste disse...

Espero que a entrevista com a escolinha corra bem e que os gémeos se mostrem mais interessados em ir para a escola.

Há um menino na sala do meu filho que quase não fala (fez 3 anos em Janeiro). Aliás, ele tenta se expressar, mas eu não entendo nada do que ele dis. Mas a educadora diz que tanto ela, comoa auxiliar e os amiguinhos todos o entendem. Ele devia andar na terapia da fala,mas achoque os pais não estão muito preocupados e o míudo não vai.

Acho que as tuas preocupações são normais, perfeitamente normais, mas acho também que eles se vão adaptar bem e rapidamente se vão fazer entender e ainda por cima têm-se um ao outro o que é fantástico e muito bom para eles.

Seja a decisão que tomarem, concerteza será a do melhor interesse dos vossos filhos, já que são vocês que os conhecem bem.

Bjnhos grandes

eugenia moreira disse...

Olá, e desde já os meus parabens pelo bebe q vem a caminho!Parabens pela familia q tens e parabens pela mulher de coragem q és!Já sigo o vosso cantinho à bastante tempo e gosto muito de vos vir vesitar talvez pq tambem gostava de um dia vir a ter uma falia assim grande apesar de saber q isso não vai acontecer! Os gémeos vão adaptar-se bem à escolinha quando começarem a interagir com as outras crianças, vais ver, bjs!

Mary disse...

EHEHHE, não posso deixar de comentar, parece que estás a gerir uma empresa, eheheh, e não o deixa de o ser, Empresa Familia.

Espero que os miudos se adaptem nova situção, o colégio para eles é muito importante, era bom eles irem, o desenvolvimento deles nas escolinhas é muito diferente.

Quanto arrombo na carteira, com um é o que é, imagino no vosso caso, ou melhor nem imagino, eheheh.

Beijocas que corra tudo bem

Isa

Tranças disse...

Olá maria, eu sou Educadora de Infância, sou suspeita para falar... se queres mesmo que eles entrem para o Jardim de Infancia, força nisso, as crianças tem uma capacidade incrivél de se adaptarem, é natural que chorem para cativar a atenção dos pais, mas acredita que isso depois passa. os pais tem é de ser fortes e não mostrar a ansiedade à frente delas. estou numa sala de 2 anos, tenho 2 meninos novos e acredita, preparei os pais para os mais vários cenários que poderiam acontecer com os seus filhotes e o resultado é muito positivo, pq eles também contribuiram para que isso acontece-se. foi uma semana de adptação para aquelas crianças, choram algumas vezes, é verdade mas descobriram que ali podemos fazer muitas coisas e que tem uma prof muita maluca que anda sempre no chão com eles a fazer macacadas. Boa sorte se forem.

gostava de te mandar um convite para o meu blog mas não tenho o teu mail. fica aqui o meu se tiveres interessada em espreitar "osmeus2putos", ficava muito contente : sandramnmarkes@gmail.com

Beijinhos

Ana Guida disse...

bem! gerir eses horarios tds n deve ser nda facil!...

espero k corra td bem c os meninos, vais ver k em breve vao gostar da escola. bjs*

Mãe Raquel disse...

Pois é, a adaptação na escola às vezes não é fácil... eu que o diga, porque a Sara tem chorado todos os dias. Eu, mãe de 1.ª viagem, ando mesmo angustiada.

Beijocas, tudo a correr bem para vocês.

Lil disse...

cheguei aqui saltando de blog em blog... e fiquei deliciada com os teus 6 filhos e as vossas historias. admiro-vos como pais!

Kelly disse...

Não sei como consegues conciliar tudo... Eu que o diga...
E nem se fala no rombo do material e livros. Não sei para que pedem tanto material no início do ano!!!